sexta-feira, setembro 29, 2023
InícioNotíciasCRP-23 debate questões raciais em evento promovido pelo CREPOP

CRP-23 debate questões raciais em evento promovido pelo CREPOP

 

DSC_0821

 

Feminismo negro e danos psicológicos do racismo foram temas centrais do debate realizado na última quinta-feira (20) na sede do CRP-23.

O evento foi promovido pelo Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas local, em parceria com a auto-organização de mulheres negras do Tocantins, e reuniu profissionais da psicologia e da assistência social, professores e estudantes universitários, militantes do feminismo negro e demais membros da sociedade civil.

O espaço protagonizado por mulheres negras foi pensado para levar à categoria o debate racial através do tema ‘O compromisso social da Psicologia com as questões raciais: Contribuições e Desafios’.

Uma das mediadoras do debate, Janaína Costa Rodrigues, assistente social e militante negra do núcleo Lélia Gonzales, falou sobre as condições inferiores da mulher negra no mercado de trabalho e como a precariedade de tais condições afetam a saúde mental destas mulheres, visto que reproduzem o racismo e o colonialismo. Segundo Janaína, a luta contra a repressão dos direitos está no centro da agenda feminista negra no Brasil de hoje.

Contextualizando o debate com o papel da psicologia, Izabela Ferreira dos Santos, psicóloga negra, falou sobre os danos psicológicos do racismo, fazendo o recorte para especificidades das mulheres negras, e sobre a carência da inserção da temática racial nos espaços de formação dos profissionais da psicologia.

Na ocasião, Izabela lembrou a resolução 018/2002 do CFP, a qual estabelece normas de atuação para os psicólogos em relação ao preconceito e à discriminação racial, determinando em seu Art. 1º que “Os psicólogos atuarão segundo os princípios éticos da profissão contribuindo com o seu conhecimento para uma reflexão sobre o preconceito e para a eliminação do racismo.”.

Após a exposição das palestrantes o espaço foi aberto para debate com os inscritos e com a pesquisadora do CREPOP, psicóloga Carmen Hannud.

Ao final do evento foi servido coffe break acompanhado de apresentação cultural com a artista tocantinense Mary Help.

O CRP-23 agradece a participação de todos e acredita nos espaços de diálogo como importante veículo para o amadurecimento da categoria frente a novos desafios.

Noticias relacionadas

Recent Comments

...