FESP FICA! Revogada a MP que extinguia a Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas

Na última sexta-feira (22), a prefeita Cinthia Ribeiro revogou a Medida Provisória Nº02/2022, que através de uma proposta de organização da estrutura administrativa, extinguia a Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (FESP) dentre outros setores da administração municipal.

Na época o CRP-23 havia repudiado publicamente o ato de extinção da FESP e manifestado apoio ao movimento SOSFESP, composto por profissionais do SUS, organizações e sociedade mobilizados contra a medida.

Entendendo que a o fim da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas prejudicaria fortemente os processos educacionais em saúde e, em consequência, a qualidade de vida da população palmense, hoje o Conselho Regional de Psicologia do Tocantins se alegra com a revogação da referida MP.

O CRP-23 aproveita para parabenizar todos os profissionais do SUS e sociedade organizada que em diversos atos de resistência defenderam a permanência necessária da FESP, ao tempo que saúda também a gestão municipal por ouvir o apelo popular e restaurar a Fundação e outros importantes setores da administração municipal.

Comente via Facebook

Comentário(s)