Dia Nacional da Prevenção de Acidentes do Trabalho

27DEJULHO

Fruto da luta da classe trabalhadora por proteção e saúde no ambiente laboral, o dia 27 de julho foi oficializado em 1972 como o Dia Nacional da Prevenção de Acidentes do Trabalho. Nesta data o Brasil tornou-se o primeiro país a ter um serviço obrigatório de segurança e medicina do trabalho em empresas com mais de 100 funcionários.

Apesar do conjunto de medidas legislativas destinadas a garantir proteção aos trabalhadores, o Brasil ocupa o quarto lugar no ranking mundial de acidentes fatais de trabalho, de acordo com a classificação da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Com a crise global desencadeada pela pandemia da COVID-19, a insegurança das trabalhadoras e dos trabalhadores foi intensificada. Uma pesquisa do Observatório Digital de Segurança e Saúde no Trabalho, aponta que só no ano de 2020 mais de 400 mil brasileiros se acidentaram durante o exercício de suas funções.

Neste contexto, a pandemia também promoveu um aumento expressivo de afastamentos por doenças ocupacionais além de fortes impactos na saúde mental de milhões de trabalhadores atingidos pelo isolamento social e luto.

De acordo o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a concessão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez devido a transtornos mentais em 2020 aumentou em 20,6% em relação ao ano anterior. Foram 291,3 mil concessões no ano passado, contra 241,4 mil em 2019, no país. Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde os distúrbios mentais e do comportamento ocupam o terceiro lugar no ranking das causas de incapacidade para o trabalho.

Portanto, é importante lembrar que assim como outras profissões a Psicologia também é fundamental para a prevenção de acidentes e agravos nos espaços de atividades remuneradas, tendo muito a contribuir quanto a promoção de cuidado em saúde mental e consequente melhoria na qualidade de vida e desenvolvimento dos setores produtivos.

Comente via Facebook

Comentário(s)