CRP-23 se reúne com núcleo da ABRAPSO/TO em Araguaína

WhatsApp Image 2020-02-17 at 10.19.45

No dia 14 de fevereiro do corrente ano a conselheira secretária do Conselho Regional de Psicologia do Tocantins, psicóloga Mariana Miranda Borges (CRP 23/784), representou o regional durante reunião com o núcleo da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO/TO) em Araguaína-TO. Na ocasião, Associação e Conselho conversaram sobre parceria para desenvolvimento de atividades de formação e ampliação do núcleo, e participação em eventos futuros.

O núcleo da ABRAPSO/TO em Araguaína está ativo desde novembro de 2019, após ser aprovado em assembleia durante o congresso nacional da entidade realizado em São Paulo na mesma data. A atual gestão do núcleo, que permanecerá por dois anos, é composta por acadêmicos do curso de Psicologia da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO).

A ideia inicial da ABRAPSO/TO de Araguaína é realizar reuniões de formação, ampliar as ações aos profissionais e promover articulação da rede de atendimento social e dos povos tradicionais.

Segundo a conselheira Mariana Miranda, durante a reunião foi solicitada a participação do CRP-23 em algumas atividades do núcleo, assim como o apoio da autarquia quanto à divulgação de ações. Como sugestão, Mariana Miranda propôs uma articulação para a participação da Associação no Seminário de Políticas Públicas que será organizado pelo Conselho.

Para a coordenadora do núcleo da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO/TO) em Araguaína, Maísa Martins Brito, além de estreitar os laços com o regional a reunião foi importante porque possibilitou o encaminhamento de projetos coletivos:

“A participação de um representante do CRP nas agendas desse semestre, trará a perspectiva profissional para nossos grupos de estudo, além de projetos para a articulação com outras universidades e participação de eventos na segunda metade do ano.”.

A ABRAPSO/TO de Araguaína deverá realizar uma reunião ampliada para explicar o processo de construção do núcleo no dia 29 de fevereiro, e a partir do mês de março deverão iniciar as reuniões para estudo.

Comente via Facebook

Comentário(s)