CRP-23 adia retorno ao Atendimento Presencial

decreto municipal.jpg2

Atenção Psis!

Diante do decreto nº 1.996, publicado nesta sexta-feira (19) pelo município de Palmas, o qual determina a suspensão de atendimento presencial nos órgãos públicos, a plenária do CRP-23 definiu que, ao contrário do foi comunicado anteriormente, não irá retomar o atendimento ao público a partir do dia 22 de fevereiro. Desta forma, o atendimento presencial no CRP-23 só será realizado quando o decreto municipal autorizar.

Segundo informações oficiais da prefeitura de Palmas, a medida se faz necessária em decorrência do crescimento expressivo nos números de infecções pelo novo coronavírus na capital somado a pouca quantidade de leitos públicos e complementares contratualizados de UTI disponíveis.

O decreto nº 1996 passa a vigorar a partir da segunda-feira, 22, e produzirá efeitos até 8 de março de 2021, podendo ser revisto, a qualquer tempo, diante do crescimento ou do decréscimo da taxa de transmissibilidade com impacto na rede de atenção à saúde.

Comente via Facebook

Comentário(s)