Conselho Federal de Psicologia empossa novo Plenário para gestão 2022-2025

A nova composição do Conselho Federal de Psicologia CFP tomou posse em cerimônia realizada em Brasília/DF, na sexta-feira (16). O XIX Plenário será o responsável por conduzir as ações e políticas relacionadas à profissão no triênio 2022/2025. Como conselheiro-presidente tomou posse o psicólogo Pedro Paulo Gastalho de Bicalho. Ele sucede Ana Sandra Fernandes Arcoverde Nóbrega, que presidiu o Conselho nos últimos três anos.

A solenidade teve a presença de representantes de todos os Conselhos Regionais de Psicologia (CRPs), além de entidades da Psicologia brasileira, autoridades públicas e de outros conselhos profissionais.

O novo plenário é composto por 22 psicólogas e psicólogos vindas(os) de todas as regiões do país. Pela primeira vez, a composição obedeceu cotas para pessoas negras, trans, com deficiência e povos tradicionais indígenas a fim de assegurar uma maior representatividade da sociedade e das psicólogas(os) no Sistema Conselhos.

Ao ser empossado como presidente do CFP, Pedro Paulo Gastalho de Bicalho destacou que, com 433.521 profissionais, o Brasil é hoje o país com o maior número de psicólogas e de psicólogos e apontou os desafios da Psicologia passados os 60 anos desde a regulamentação como profissão no país. “Competirá a nós, o XIX Plenário, o resgate histórico e a reflexão sobre a constituição e a atuação do Sistema Conselhos na transformação da nossa Psicologia”, ressaltou.

O novo presidente enfatizou as inovações trazidas na composição das chapas que concorreram às eleições do Sistema Conselhos. “Inauguramos um sistema de reserva de vagas que, como garantia mínima, possibilita a diversidade dos plenários para, juntas e juntos, enfrentarmos em nosso cotidiano o racismo, o preconceito motivado por identidade de gênero e o capacitismo”, asseverou.

Pedro Paulo Bicalho destacou que 2023 será marcado pelo Jubileu do primeiro plenário do Conselho Federal de Psicologia e ressaltou a importância da data. “O XIX Plenário será o responsável por conduzir o Sistema Conselhos de Psicologia a um profundo mergulho em nossa história, motivada pelos 50 anos da posse de seu primeiro plenário”.

Balanço
A agora ex-presidente do CFP, Ana Sandra Fernandes, fez um balanço da sua gestão à frente da autarquia nos últimos três anos, e pontuou que a gestão do XVIII Plenário se deu em anos bastante desafiadores e de forma singular, dadas as crises sanitária, econômica e política que afetaram o país e o mundo.

“A pandemia de Covid-19 nos fez reorganizar nossas ações e buscar novas formas de atuação junto com a nossa categoria, sermos criativos para superar dificuldades e buscar alternativas que suprissem minimamente as nossas demandas”, pontuou.

Ana Sandra ressaltou que foram publicados mais de 60 atos regulatórios e orientações à categoria, como a prática da Psicoterapia, a criação do Sistema de Avaliação de Práticas Psicológicas Aloísio Lopes de Brito; a resolução para atuação para profissionais da Psicologia em relação às bissexualidades e demais orientações não monossexuais; e as diretrizes para atuação de psicólogas junto adolescentes em cumprimentos de medidas socioeducativa. Ao longo do período, também houve a certificação de três especialidades da Psicologia e o estabelecimento das condições para a concessão e registro de especialistas.

Ana Sandra Fernandes lembrou ainda que, dos 19 plenários do Conselho Federal de Psicologia, ela foi apenas a quinta mulher a presidir essa autarquia sendo a primeira nordestina a ocupar a posição. “Em uma profissão composta por mais de 80% de mulheres, é preciso entender que também a Psicologia reflete desigualdades que precisam ser estrategicamente enfrentadas e vencidas”, afirmou.

Processo eleitoral
Entre os dias 23 e 27 de agosto foram realizadas as eleições 2022 para os Conselhos Regionais de Psicologia (CRPs) e a Consulta Nacional para o Conselho Federal de Psicologia (CFP). Na apuração, a chapa “Frente em Defesa da Psicologia Brasileira” recebeu 54.672 dos 96.702 votos em todo o país. Em 5 de novembro, a composição foi eleita pela Assembleia de Delegadas(os) Regionais.

Veja a composição do XIX Plenário do Conselho Federal de Psicologia
Pedro Paulo Gastalho de Bicalho, Presidente
Ivani Francisco de Oliveira, Vice-Presidenta
Izabel Augusta Hazin Pires, Secretária
Célia Mazza de Souza, Tesoureira
Carla Isadora Barbosa Canto, Secretária Região Norte
Juliana de Barros Guimarães, Secretária Região Nordeste
obádèyí Carolina Saraiva, Secretária Região Centro-Oeste
Roberto Chateaubriand Domingues, Secretário Região Sudeste
Neuza Maria de Fátima Guareschi, Secretária Região Sul
Antônio Virgílio Bittencourt Bastos, Conselheiro 1
Raquel Souza Lobo Guzzo, Conselheira 2
Rodrigo Acioli Moura, Suplente
Evandro Morais Peixoto, Suplente
Edilaise Santos Vieira (Nita Tuxá), Suplente
Alessandra Santos de Almeida, Suplente
Fabiane Rodrigues Fonseca, Suplente Região Norte
Clarissa Paranhos Guedes, Suplente Região Nordeste
Gabriel Henrique Pereira de Figueiredo, Suplente Região Centro-Oeste
Maria Carolina Fonseca Barbosa Roseiro, Suplente Região Sudeste
Marina de Pol Poniwas, Suplente Região Sul
Rosana Mendes Éleres de Figueiredo, Conselheira suplente 1
Jefferson de Souza Bernardes, Conselheiro suplente 2

(fonte: Conselho Federal de Psicologia)

Comente via Facebook

Comentário(s)