30 de março – Dia Mundial do Transtorno Bipolar

TAB

O Dia 30 de Março é lembrado mundialmente como o Dia do Transtorno Bipolar. A data foi escolhida em homenagem ao nascimento do artista plástico holandês Vicent Van Gogh, postumamente diagnosticado como provável portador do transtorno bipolar, e foi criada com o objetivo de combater a desinformação e os preconceitos acerca deste distúrbio, assim como estimular a busca por tratamento.

Estima-se que o Transtorno Bipolar afete cerca de 140 milhões de pessoas no mundo. Neste contexto, o apoio psicossocial é considerado um componente fundamental tanto para a saúde mental das pessoas com bipolaridade quanto para a desmistificação dos preconceitos e melhor compreensão sobre o transtorno.

Muitas vezes as pessoas com Transtorno Bipolar, e outros transtornos afetivos, são mal compreendidas como sujeitos difíceis que mudam de humor a cada instante sendo consideradas doentes, como se esta fosse uma condição estática. Neste âmbito, a Psicologia tem uma forma de compreender os fenômenos a partir da dinamicidade, e não da cristalização. Por isso, é necessário quebrar o mito de que o Transtorno Bipolar provoca mudanças abruptas e repentinas de humor, pois a verdade é que essas fases podem demorar meses para sofrerem alteração e as limitações desses sujeitos não impossibilitam as suas capacidades de relacionar-se.

Para o CRP-23 é importante fazer alusão ao Dia Mundial do Transtorno Bipolar no sentido de estimular não só a busca por tratamento para quem sofre diretamente com o distúrbio, mas de promover também a conscientização popular pelo não preconceito a fim de conter os impactos desse e de outros transtornos na saúde mental das pessoas.

O fim dos preconceitos direcionados às pessoas que possuem sofrimento psíquico, tais como o Transtorno Bipolar, é crucial para que este grupo seja inserido e humanizado dentro das relações sociais, afetivas e de trabalho com respeito e condições dignas de participação.

Comente via Facebook

Comentário(s)